Ciência USP

Ciência USP #08: Como entender o que aconteceu em Suzano?

No dia 13 de março, dois jovens entraram armados na escola estadual Raul Brasil, em Suzano, região metropolitana de São Paulo. O massacre resultou em 10 mortes. Conforme a investigação da polícia avança, sabemos cada vez mais sobre as atividades dos atiradores nas redes sociais e como eles planejaram o ataque. No entanto, os fatores que os levaram a cometer esse ato de extrema violência continuam a formar um enigma de difícil solução. Para este episódio do Ciência USP, conversamos com especialistas de três diferentes disciplinas – psiquiatria, psicologia e sociologia. É nossa tentativa de compreender como um massacre como o de Suzano pôde acontecer. Também ouvimos uma psicóloga que está atendendo famílias e sobreviventes.

Ciência USP #07: câncer de colo de útero

Ciência USP #07: Temos as armas contra o câncer cervical, mas elas não chegam para todas

O câncer cervical, também conhecido como câncer de colo de útero, tem cura. Mais do que isso: tem prevenção. O problema é que as ferramentas de prevenção não chegam para todas as mulheres. Um estudo recente estimou que, se esse quadro não mudar, 44 milhões de mulheres serão diagnosticadas com esse tipo de câncer nos próximos 50 anos. E também neste episódio: como a tuberculose foi fundamental para o crescimento de uma cidade paulista.

Ciência USP #06: O clima depois que Colombo chegou à América

Alguns cientistas defendem a hipótese de que a conquista das Américas pelos europeus causou um impacto tão grande entre os povos indígenas, que foi capaz de afetar o clima do planeta. E também: conheça o vírus dedo-duro que ajudou a identificar células guarda-costas do cérebro.

Ciência USP #04: Quem decide como serão as políticas de uma cidade?

Fizemos uma visita às ciências sociais para conversar com Eduardo Marques, do Centro de Estudos da Metrópole. Ele é organizador de um livro recente, chamado “As políticas do urbano em São Paulo”. E ainda: conheça o unicórnio pré-histórico que viveu 39 mil anos atrás.