Um podcast que fala sobre os problemas enfrentados pela sociedade e as soluções apresentadas através estudos realizados na Universidade de São Paulo, em especial da área de Humanas

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Momento Sociedade #15: Programação de semáforo pode reduzir tempo de viagens em 30%

O pesquisador José Luiz Portella, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, discorre sobre a devida utilização dos semáforos. Portella esclarece que a Prefeitura deve focar na sincronização dos semáforos do centro expandido. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) discute a questão desde 1997. Em 2018, houve um edital de privatização da rede semafórica. No entanto, nenhuma solução foi dada até o momento

Momento Sociedade #12: Subcapitalismo ou socialismo, perguntou FHC em 1964?

“Deste então, nada mudou”, é o que defende José Luiz Portella. Nos governos de Lula e Dilma Rousseff a figura do empresariado nacional reapareceu, ancorada no BNDES e em baixas taxas de juros. A Operação Lava Jato e outros escândalos colocaram a prática em contestação, reacendendo o debate

Momento Sociedade#10: Políticas de mobilidade urbana são marcadas pelo imediatismo

No dia 6 de setembro, a cidade de São Paulo foi surpreendida por uma greve de ônibus. A paralisação foi motivada pela redução da frota e pela manutenção de postos de trabalho. Partindo desse fato, o Momento Sociedade desta semana discute a importância desse modal para a mobilidade urbana. Segundo José Luiz Portella, as políticas brasileiras são marcadas pelo imediatismo e grandes ideias, como as ciclovias ou corretores de ônibus, que acabam sendo implementadas de maneira equivocada

Momento Sociedade #9: Estudo sobre o precariado vai comparar Brasil e EUA

O Momento Sociedade desta semana continua tratando da questão do precariado, desta vez com um novo recorte: a comparação entre Brasil e Estados Unidos. O índice de desemprego nos EUA é o menor das últimas cinco décadas, no entanto a geração de emprego não significa, necessariamente, alta qualidade de vida

Momento Sociedade #8: O “precariado” e as relações de trabalho

O Momento Sociedade desta semana, com o pesquisador José Luiz Portella, discute a precarização do trabalho, sobretudo nos países da semiperiferia do capitalismo como Brasil, África do Sul e Portugal. Em “A Rebeldia do Precariado”, livro de Ruy Braga, chefe do Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, é apresentado o conceito de “precariado”, isto é, o trabalhador com deterioração de seu padrão de vida e condição de trabalho

Momento Sociedade #8: Cidades devem ser construídas da perspectiva humana

As teses do urbanista e intelectual dinamarquês Jan Gelh apontam que carros e construções individuais afetam a qualidade de vida no ambiente urbano, pois diminuem o espaço público. Além disso, estudo elaborado por universidades norte-americanas mostram relação direta entre longevidade e socialização

Momento Sociedade #5: Lei Rouanet deve apoiar grandes exposições internacionais?

Ministério da Cidadania limitou o teto de captação da Lei Rouanet à 1 milhão de reais por projeto. Nos últimos anos, boa parte dos recursos disponíveis pela ferramenta foram dedicados a grandes eventos. Desde 2011, o Brasil, principalmente nas grandes cidades, faz parte do circuito de exposições blockbusters, caracterizadas por seu grande porte e caráter internacional. As mostras internacionais têm um impacto cultural onde o país mais precisa? Quais os interesses por trás delas? Com a limitação orçamentária, a cultura nacional não estaria prejudicada em uma concorrência injusta? Essas são as perguntas que Marina Miorim busca responder em sua tese de doutorado.

Momento Sociedade #3: “O olhar do jornalista é a janela que temos para o mundo”

Diz José Luiz Portella sobre a importância do bom jornalismo a partir da tese de Pedro Paulo Martins Serra, que compara o telejornalismo brasileiro ao francês, apontando desdobramentos das diferenças entre os dois, tanto pela formação, como por suas estruturas, a tese está sob orientação da diretora da FFLCH, Maria Arminda do Nascimento Arruda

Momento Sociedade #02: Importância histórica da formação do Ministério da Cultura

Submetido a três extinções ao longo de toda sua história, o Ministério da Cultura enfrenta novamente os mesmos problemas. O posicionamento do governo Bolsonaro em relação à área cultural é muito similar a medidas já tomadas nos mandatos de Collor, nos anos 1990, e de Temer, em 2016. Uma dissertação de mestrado, realizada na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, evidencia a importância e os fatores que levaram à formação e às dissoluções do Ministério

Momento Sociedade #01: Busca desenfreada por rentabilidade na Bolsa de Valores ocasiona a especulação

Números preocupantes fizeram da economia uma das principais pautas da sociedade, senão a mais destacada. O País, hoje, tem a renda por pessoa 5% abaixo do que era em 2014. Nesse cenário, o governo federal propõe ajustes fiscais e reformas estruturantes, como a da Previdência Social. O estudo desenvolvido no programa de História Econômica da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, por José Jobson de Nascimento Arruda, analisou a ascensão da Bolsa de Valores de São Paulo nos anos 90, a fim de entender o efeito do investimento acionário sobre o capital produtivo. Os dados são bem atuais