Médico patologista e professor da Faculdade de Medicina da USP. Foi membro do comitê que estabeleceu os padrões de qualidade do ar e do comitê que definiu o potencial carcinogênico da poluição atmosférica, ambos da Organização Mundial de Saúde. É o atual diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP.

Horário: Segunda às 8h00
Rádio USP
93,7 FM São Paulo / 107,9 FM Ribeirão

Compartilhar:

Praticar atividade física em ambiente poluído não é o ideal

Paulo Saldiva comenta estudo realizado pela Escola de Educação Física e Esporte da USP, o qual mostra que se exercitar em meio poluído reduz alguns dos benefícios advindos da prática da atividade física, mas lembra que o sedentarismo é sempre pior