Possui graduação em Física pelo Instituto de Física (IF) da USP (1973), mestrado em Astronomia pela USP (1975), doutorado em Astronomia pelo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP (1979) e pós-doutorado no Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics. Atualmente é professor titular do IAG. Tem experiência na área de Astronomia, com ênfase em Astrofísica Estelar e Núcleos Ativos de Galáxias. Steiner também foi secretário-geral da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), ocupou a Secretaria de Coordenação das Unidades de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e dirigiu o Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP.

Horário: Sexta às 9h30
Rádio USP
93,7 FM São Paulo / 107,9 FM Ribeirão

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Como os cientistas sabem a idade da Terra?

Nosso planeta se formou há 4,5 bilhões de anos, habitando um sistema solar formado há cerca de 5 bilhões de anos. Mas como os cientistas chegaram a este número?

Tempo de vida do nêutron foi medido no espaço

Quando estão dentro do núcleo de um átomo, as partículas subatômicas, chamadas nêutrons, têm uma existência bastante estável; uma vez ejetado desse núcleo, a vida útil do nêutron é bem curta

Raios cósmicos: o que significam para a Terra

Partículas de altíssima energia têm origem variada na galáxia e fora dela, e também são um tipo de radiação que afeta pilotos, apesar de chegarem com bem menos energia à Terra

Os 30 anos do telescópio espacial Hubble

O telescópio, que entrou na órbita da Terra em abril de 1990, é famoso entre a população por imagens impressionantes; e, para os cientistas, tem valor inestimável na produção de conhecimento

Conheça o planeta onde chove ferro

No gigante gasoso WASP-76 b, a diferença extrema de temperatura entre os lados do dia e da noite resulta em fortes ventos que levam o vapor de ferro para o lado mais frio, onde “chove”