Planetas que orbitam anãs brancas têm melhores pistas de vida extraterrestre

Com nova geração de telescópios, cientistas procuram marcadores de vida na atmosfera de exoplanetas – e já estudam quais seriam os melhores candidatos para investir nessa busca

Um novo estudo afirma que as melhores chances para encontrar vida fora da Terra acontecem quando são encontradas determinadas marcas, chamadas de bioassinaturas, em planetas rochosos que orbitam estrelas do tipo anã branca.

Mas o que são essas bioassinaturas? E o que as estrelas anãs brancas têm de especial que também tornam maior a probabilidade de haver vida em volta delas?

Nesta edição de  Entender Estrelas, o astrofísico João Steiner, professor do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP, explica.

Clique no player acima para ouvir.


Entender as Estrelas – Uma viagem pela astronomia
A coluna Entender as Estrelas – Uma viagem pela astronomia, com o professor João Steiner, vai ao ar toda sexta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.