USP Talks discute impactos do isolamento na saúde pública e mental

Pesquisadores falarão sobre os efeitos do distanciamento social no combate à pandemia e no bem-estar da sociedade. Evento é nesta quinta-feira, a partir das 11h, no YouTube

Editorias: Atualidades - URL Curta: jornal.usp.br/?p=324684

.

Não aguenta mais essa quarentena? Tédio e ansiedade tomando conta da sua vida? Não consegue dormir direito? E afinal de contas: esse isolamento social é realmente necessário? Funciona? O sacrifício está valendo a pena?

São perguntas e preocupações que estão tirando o sono — literalmente — de muita gente nessa pandemia. Em busca de respostas, quatro pesquisadores estarão ao vivo na internet nesta quinta-feira, 28 de maio, para conversar com a sociedade sobre o isolamento social e seus impactos na saúde pública e individual de cada um de nós. 

A transmissão será pelo Canal USP do YouTube, a partir das 11 horas, neste link. Cada palestrante fará uma apresentação de 10 minutos; depois todos responderão a perguntas enviadas pelo público. 

Os debatedores e os temas abordados serão:

  • Lorena Barberia, professora do Departamento de Ciência Política da FFLCH-USP e coordenadora científica da Rede de Políticas Públicas & Sociedade / Tema: Políticas de distanciamento social no Brasil e no mundo
  • Paulo Prado, professor do Departamento de Ecologia do IB-USP e cofundador do Observatório Covid-19 BR / Tema: Cenários futuros da pandemia em São Paulo
  • Daniel Barros, professor colaborador do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP e divulgador científico / Tema: Saúde mental na quarentena
  • Monica Andersen, professora do Departamento de Psicobiologia da Unifesp e diretora de ensino e pesquisa do Instituto do Sono / Tema: Qualidade do sono na pandemia

Com moderação de Herton Escobar, jornalista científico e repórter do Jornal da USP

Para saber mais sobre o USP Talks, visite nosso site e nossas redes sociais:

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.