Tragédias estão na história da cultura, diz Martin Grossmann

Segundo o professor, é preciso que a cultura seja vista de forma mais crítica, a fim de evitar novos desastres

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Em sua coluna Na Cultura o Centro Está em Toda Parte, o professor Martin Grossmann destacou que as tragédias ocorridas no Brasil ao longo das últimas décadas – desde o incêndio do Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio de Janeiro, em 1978, até o deslizamento de barragem em Brumadinho, em Minas Gerais, e a morte de jovens atletas do Clube de Regatas Flamengo, também no Rio, neste ano – são eventos inseridos na história da cultura. Por isso, a cultura deve ser vista de modo mais crítico, a fim de que novas tragédias não se repitam.

A coluna foi ao ar no dia 13 de fevereiro de 2019.

Ouça no link acima a íntegra da coluna.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados