Música é alternativa para crise no ensino

Entender a cultura e os gostos musicais dos alunos pode abrir portas para a educação

Ilustração: Caio Bonifácio/Jornal da USP

Identificar quais aspectos poderiam ser mais efetivos na formação de crianças e adolescentes é um tema recorrente na pesquisa em educação no País. Os jovens parecem ter cada vez menos interesse nos assuntos escolares, e conhecer a cultura que os envolve é fundamental. O professor Adilson Citelli, da Escola de Comunicações e Artes da USP, comentou sobre os possíveis usos da música no ensino.

O professor ressaltou a importância de conhecer os gostos culturais dos alunos, além de trazer assuntos de fora para dentro da escola como forma de estabelecer uma conexão com a realidade dos estudantes. Citelli também destacou a influência que a música tem na vida dos jovens, que frequentemente passam mais tempo ouvindo seus artistas favoritos do que estudando.

Confira acima a matéria completa.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •