Colunista comenta pronunciamento de Bolsonaro

Para Guilherme Wisnnik, a fala do presidente não era a que se esperava num momento em que se deseja conciliação

Na coluna desta semana, Guilherme Wisnik comenta o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na última terça-feira (24). Para o professor, Bolsonaro teve uma atitude criminosa ao pedir “uma volta à normalidade em nome do bom funcionamento da economia, portanto, oferecendo a vida das pessoas em sacrifício”, num momento em que se esperava do líder da Nação uma atitude conciliatória.

Wisnik responde ao pronunciamento com os versos da canção Perfeição, do Legião Urbana, que diz: ” Vamos celebrar a estupidez humana, a estupidez de todas as nações. O meu país e sua corja de assassinos, covardes, estupradores e ladrões. Vamos celebrar a estupidez do povo, nossa polícia e televisão. Vamos celebrar nosso governo e nosso Estado, que não é nação   […]”.

Ouça o comentário completo no link acima.


Espaço em Obra
A coluna Espaço em Obra, com o professor Guilherme Wisnik, vai ao ar toda quinta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.