Anúncio pró-Trump coloca “The Washington Post” em situação difícil

Carlos Eduardo Lins da Silva comenta sobre o caso do jornal americano que publicou anúncios com notícias falsas sobre o candidato Joe Biden

Na coluna de hoje (31), o professor Carlos Eduardo Lins da Silva comenta sobre um caso ocorrido com o jornal The Washington Post, que tem publicado editoriais contra a veiculação de anúncios nas redes sociais que contenham mentiras. No entanto, a página principal do jornal foi tomada por uma campanha do presidente Donald Trump com mentiras comprováveis a respeito do candidato da oposição, Joe Biden.

Isso revoltou leitores e jornalistas, inclusive do próprio jornal, colocando o veículo em uma situação complicada. O professor conta que “a direção do The Washington Post se pronunciou, dizendo que apenas estava veiculando um anúncio pago e que isso estava em conformidade com a primeira emenda da Constituição americana, que garante a liberdade de expressão para todos, e que o jornal não podia se recusar a publicar o anúncio. No entanto, isso não é bem verdade, pois o jornal poderia, sim, ter recusado a publicação do anúncio pago”.

Concluindo, Lins da Silva indica que a decisão de publicar a propaganda não passou somente pelo departamento comercial da empresa jornalística, mas também pela redação, seguindo as normas convencionais para a veiculação de anúncios. Além disso, a situação se complica ainda mais por envolver a eleição e o dono do jornal, Jeff Bezos, magnata por trás da Amazon.

Saiba mais ouvindo a coluna na íntegra.


Horizontes do Jornalismo
A coluna Horizontes do Jornalismo, com o professor Carlos Eduardo Lins da Silva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.