Eleição de Joe Biden poderá isolar Brasil dos organismos internacionais

Rubens Barbosa acredita que, se Biden for eleito, o Brasil passará a ser alvo de críticas na área do meio ambiente e de direitos humanos

Na coluna Diplomacia e Interesse Nacional desta semana, o embaixador Rubens Barbosa fala sobre as eleições presidenciais nos Estados Unidos. Para o colunista, Joe Biden se apresentou como o único candidato capaz de unificar o Partido Democrata, conseguindo atrair membros da esquerda, ganhar a confiança dos jovens e das minorias sociais. Barbosa acredita que, se Biden for eleito, o Brasil tende a ficar ainda mais isolado dos organismos internacionais e passar a ser alvo de críticas na área do meio ambiente, direitos humanos e também em relação à democracia, porque essa é a percepção negativa da Europa e dos Estados Unidos sobre o País.

De acordo com Barbosa, nos Estados Unidos, as convenções partidárias para lançamento do candidato à Presidência são vistas como o maior espetáculo do planeta. Este ano, por questões pandêmicas, o evento ficou reduzido ao mundo virtual. No meio de um país dividido, Biden se apresentou como o único candidato capaz de unificar os EUA. “Ele conseguiu atrair a esquerda para o centro, ganhar a confiança dos jovens, das minorias, dos negros, dos latinos, dos asiáticos e apareceu no discurso como uma pessoa independente e moderadora.”

O embaixador informa que o principal alvo dos discursos de Biden foi a condução incompetente do presidente Donald Trump na pandemia. Biden ainda fez um gesto de conciliação com vários grupos e escolheu Kamala Harris, senadora pela Califórnia, como vice, acrescentando dois importantes elementos da sociedade americana para somar os votos de centro: uma mulher negra. 

Ouça a coluna na íntegra pelo player acima.


Diplomacia e Interesse Nacional
A coluna Diplomacia e Interesse Nacional, com o professor Rubens Barbosa, vai ao ar toda terça-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.