ONU alerta para risco da supergonorreia em todo o mundo

Resistência a antibióticos e descuido na hora da relação sexual estão entre as causas da proliferação da doença

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

O descuido na hora da relação sexual, como a não utilização da camisinha, tem aumentado a incidência de doenças sexualmente transmissíveis, as DSTs, em todo o mundo. Aliado a essa questão, o uso frequente e indevido de antibióticos tem deixado certas bactérias altamente resistentes.

Um desses casos chama a atenção da Organização das Nações Unidas (ONU) e lança um alerta mundial: uma variação da gonorreia, chamada supergonorreia. A Organização Mundial da Saúde (OMS) analisou informações de 77 países e o resultado mostra que a supergonorreia se espalhou por vários países.

Para tratar do assunto, o repórter Ferraz Junior conversou com o professor Ulysses Strogoff de Matos, infectologista e médico-assistente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

Textos relacionados