ODS-2 é irrealista, diz colunista

Segundo José Eli da Veiga, o ODS-2 propõe metas muito ambiciosas, de difícil realização

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

cab_jose_eli

Objetivo Global nº2: Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e a melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável - Foto: Martine Perret/ODS/UN
Objetivo Global nº2: Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e a melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável – Foto: Martine Perret/ODS/UN

O professor José Eli da Veiga se propôs, em sua coluna “Sustentáculos”, a analisar cada um dos 17  Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Nesta semana, ele comenta o ODS de número 2, que trata da erradicação da fome no mundo e que tem o seguinte enunciado: “Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável”.

Na opinião do colunista, as metas propostas são por demais ambiciosas. Uma delas prevê a garantia, até 2030, de que haja acesso universal e permanente a alimentos seguros e nutritivos. Ele observa que a fome ocorre porque os alimentos não chegam às pessoas.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados