Antibióticos não funcionam em infecções virais

Resfriado e dor de garganta são os principais motivadores do uso impróprio de antibióticos

O boletim Pílula Farmacêutica desta semana explica a forma correta de se tratar as infecções virais do trato respiratório. Muitas pessoas fazem uso por conta própria e de forma errada de antibióticos em doenças originadas por vírus. Além de não se obter êxito, pois apenas as bactérias respondem a esses remédios, a ação é uma das principais causas do desenvolvimento de resistência bacteriana.

Os resfriados comuns são um dos principais responsáveis pela procura indevida pelos antibióticos, principalmente quando os sintomas envolvem o trato respiratório superior, que abrange a cavidade nasal, faringe, laringe e parte superior da traqueia.

A dor de garganta também é bastante causadora da administração imprópria dos remédios, pois pode ser causada por vírus ou bactérias que apresentam os mesmos sintomas, portanto, somente depois de procurar um médico e comprovar que a infecção é bacteriana, o uso do antibiótico deve ser feito.

Ouça acima, na íntegra, o boletim Pílula Farmacêutica.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.