Ainda não é hora para festas e encontros sociais, diz colunista

Paulo Saldiva refere-se, em sua coluna, ao novo aumento dos casos da covid-19 e pede cautela, sobretudo aos jovens, que têm comparecido em massa a festas, num momento que ainda não é adequado para isso

 30/11/2020 - Publicado há 12 meses
Por

O ambiente nas grandes cidades, nas última semanas, tornou-se favorável para um aumento discreto, porém contínuo, dos casos de covid-19. “Começa a crescer de novo, nos hospitais, a preocupação quanto à maior demanda e, principalmente, com a necessidade de atender pacientes em ambientes de terapia intensiva”, constata o professor Paulo Saldiva, na opinião de quem esse aumento no número de casos da doença independe de uma mudança biológica da estrutura do vírus ou de um aumento de nossa vulnerabilidade a ele. “Ele passa única e exclusivamente por questões de dinâmica da sociedade.”

De acordo com o colunista, a partir da retomada da economia, as pessoas estão saindo mais às ruas  e, consequentemente, usando mais o transporte coletivo, até por uma necessidade de sobrevivência. Mas há um outro aspecto da questão, que são os encontros sociais, nos quais os jovens são os principais protagonistas. “E me surpreende que sejam marcadas festas onde comparecem, literalmente, milhares de pessoas, e num ambiente de pandemia isso acarreta aumento da transmissibilidade […]. Talvez seja oportuno refrearmos esse desejo natural de encontros para mais alguns meses, onde certamente teremos uma vacina começando a circular no Brasil e poderemos então reencontrar a vida e as pessoas de uma forma muito mais segura para nós mesmos e para as pessoas que nos circundam.”


Saúde e Meio Ambiente
A coluna Saúde e Meio Ambiente, com o professor Paulo Saldiva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.