Nascido nos Estados Unidos, rock foi salvo pela Inglaterra

Adotado por bandas e artistas britânicos, questões raciais quase deram fim ao gênero no país norte-americano

Nesta segunda edição do programa História do Rock, o professor Mario de Vivo fala sobre a primeira das muitas “mortes” do rock ao longo de sua história.

De acordo com o professor, de 1950 a 1960, uma das questões mais pertinentes na sociedade norte-americana era a racial, tema ainda não resolvido hoje. A maioria dos artistas da época era negra e havia um limite para a aceitação do estilo musical no mercado.

De Vivo também conta que a Inglaterra, culturalmente próxima dos Estados Unidos, adotou o rock como sua música nativa, sendo ponto de origem de grandes artistas e bandas, como os Beatles, que nasceram no rock e levaram o gênero para um novo patamar, contaminando uma legião de jovens que passaram a sonhar em ser superstars.

Ouça no link acima a íntegra do programa.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.