Especialista faz alerta para situação do Cantareira em 2019

Professor explica a previsão para este verão e os possíveis problemas no próximo período de estiagem

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

Em meio ao noticiário ambiental das últimas semanas, a situação dos reservatórios da Região Metropolitana de São Paulo tem sido muito pouco comentada. O Cantareira, principal sistema de abastecimento da região, apresenta uma situação preocupante. Apesar do maior volume de chuvas neste segundo semestre, comparativamente ao ano de 2017, o nível está mais baixo agora. Se no ano passado – que foi mais seco – o nível estava em 43,7%, hoje ele está com 38,3%. Pode parecer uma diferença pequena, mas é importante lembrar que contamos com mais chuvas em 2018 e estamos utilizando água da bacia do Paraíba do Sul para ajudar a recompor o nível do Cantareira. Mas, parece que não tem sido suficiente.

Jornal da USP no Ar conversou sobre o assunto com o professor Pedro Luiz Côrtes, do Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental do Instituto de Energia e Ambiente (IEE). Ele explica que a situação atual confirma a previsão anterior de que o Sistema Cantareira demoraria a se recuperar após a crise hídrica.

O prognóstico climático para este verão indica que estaremos sob a influência de um El Niño mais fraco, com temperaturas elevadas e irregularidade no padrão de chuvas. O especialista aponta que isso não é bom para a recarga dos mananciais, já que o ideal seria um período de chuva mais fraca, mas frequente, possibilitando que a água penetrasse no solo antes de evaporar.

Dessa forma, apesar de o período entre dezembro e março ser um período mais intenso para essa recarga, Côrtes afirma que não existe a garantia de que o nível baixo será facilmente revertido e que não é possível descartar a possibilidade de problemas no ano que vem. Por isso, ele ressalta a importância de acompanhar a situação do Sistema Cantareira e de manter os bons hábitos adquiridos durante a crise, fazendo o uso racional da água e evitando o desperdício.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados