Estudo da USP colhe informações sobre a qualidade das viagens em rodovias

Qualquer pessoa com mais de 18 anos pode responder pesquisa on-line criada por pesquisador de São Carlos

Número de faixas é um dos fatores que integram a pesquisa – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Como é para você o tráfego nas rodovias do País? O número de faixas é suficiente? Há caminhões demais? Uma pesquisa da USP está avaliando esses fatores. 

Estudando o planejamento de transportes, o engenheiro Fernando José Piva comenta que a ideia da investigação partiu de seu orientador. “Estamos analisando as rodovias e ele sugeriu a criação de um site para coletar informações sobre o tráfego”, conta o doutorando da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP.

A pesquisa está sendo desenvolvida em torno de cinco fatores: densidade do tráfego (número de veículos que ocupam certa extensão de uma faixa); número de caminhões; número de faixas; inclinação e limites de velocidade. E para entender o que pensam os brasileiros sobre esses aspectos, Piva criou um site

“Qualquer um pode participar, sendo motorista ou não, basta ser maior de idade”, explica. A importância em desenvolver estudos como esse está em obter dados locais sobre as condições das rodovias, uma vez que, hoje, são usados, principalmente, dados norte-americanos de um manual. 

Trata-se do Highway Capacity Manual, uma publicação sobre capacidade rodoviária. “Pode ser usado como parâmetro para medir a densidade do tráfego, se está boa ou não, por exemplo”, diz o pesquisador. Apesar de esses dados serem usados em grande parte do mundo, o pesquisador conta que o próprio manual sugere que o espaço seja recalculado com dados locais para obter maior precisão. 

Melhorar a eficiência do sistema viário, com impactos na economia e no desenvolvimento do País está, portanto, entre os objetivos desta investigação. Para contribuir voluntariamente respondendo as perguntas, basta acessar o site de qualquer computador, tablet ou smartphone. As informações serão usadas, somente, com fins acadêmicos.

Mais informações pelo e-mail do pesquisador fjpiva@usp.br ou telefone (16) 3373-9613

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.