Incubadora na USP recebe 11 novas startups

A Supera Incubadora, localizada em Ribeirão Preto, passa a contar com 52 empresas ao todo

Por - Editorias: Universidade
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn536Print this pageEmail
Sala compartilhada na Supera por empresas em pré-incubação – Foto: Divulgação/ Supera Parque

.
A Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica terminou 2017 dando boas-vindas a 11 novas startups, aprovadas no processo seletivo do segundo semestre. São ao todo 52 empresas atuantes, principalmente em áreas ligadas à saúde.

Todas as empresas foram selecionadas na modalidade de Incubação Compartilhada, que dá a elas o direito de utilizar uma sala compartilhada – Open Space –  no Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto. “Os empreendedores recebem apoio administrativo para o desenvolvimento de seus negócios. Entre eles contarão com auxílio para a elaboração dos projetos, registro de propriedade intelectual e ainda participarão de capacitações e consultorias”, explica Saulo Rodrigues, gerente da incubadora.

Os novos incubados também terão acesso à rede de contatos da Supera Incubadora e incentivos para participação nos mais importantes eventos, feiras e congressos em suas áreas de atuação.

Graduação

Além das boas-vindas aos novos empreendedores, a Supera Incubadora também realizou a graduação da AT Médica, empresa especializada em prestação de serviços técnicos e de consultoria no segmento de equipamentos médico-odontológicos e desenvolvimento de projetos de produção de motores de aspiração odontológicos. “A graduação da empresa é um passo importante, que atesta que ela já está madura e preparada para ingressar no mercado”, explica Rodrigues.

Carolina Barroso, gerente administrativa da empresa, explica que “o suporte da incubadora permitiu planejar melhor o nosso projeto e viabilizar os contatos com possíveis fornecedores”.

Por meio do suporte recebido do Núcleo de Inovação Tecnológica do Supera Parque (NIT), a empresa obteve bolsas de fomento à pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). “Com isso, pudemos viabilizar a contratação de bolsistas da área de engenharia, o que possibilitou que chegássemos a essa etapa. Hoje, temos protótipos instalados, funcionando 100%, e continuaremos contando com o suporte da Supera no Centro de Negócios. A partir de agora, como DCD Med, uma nova empresa originada dos projetos da AT Médica”, diz.

Conheça as novas incubadas

Dataeduc: Sistema de fluxo de informações educacionais entre gestores de escolas, secretarias, professores, pais e alunos, visando ao acompanhamento mais eficiente de dados do desempenho acadêmico, ocorrências, comparativos, além da geração de relatórios administrativos;

VExpenses: aplicativo para reembolso de despesas de viagens e prestação de contas de funcionários de pequenas e médias empresas;

TCL Soluções: ferramenta constituída de meio de pagamentos para gestão de eventos;

TOOLS4YOU: aplicativo para treinamento de habilidades emocionais;

Expanse: marketplace para conexão de espaços de coworking e usuários;

Projeto Cafezal: plataforma para conectar pequenos produtores de café a compradores internacionais e oferecimento de consultorias especializadas;

Estação Experimental de Pesquisas Agrícolas: estação experimental de monitoramento de áreas de plantio, com utilização de plataforma integrada e geração de relatórios mais completos e transparentes, em atendimento às exigências legais;

Nanologic: solução para prevenção e tratamento da mastite bovina, sem produção de resíduos e consequente aumento da produtividade leiteira;

Compareça: plataforma para conexão de médicos e clientes, agenda automatizada e comodidade para pagamento de consultas;

Instituto Verde Coral: organização de expedições científicas, conectando escolas, alunos e pesquisadores;

Pesa Fácil: aplicação de Inteligência Artificial na pesagem animal, no monitoramento do rendimento solo/pastagem e georreferenciamento (Big Data) da cadeia produtiva da carne e também gerenciamento e monitoramento de todos os processos da propriedade.

Supera Parque

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto é resultado de uma parceria entre a Fipase, a USP, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo. Instalado no campus da USP local, o parque abriga a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, a associação do Arranjo Produtivo Local (APL) da Saúde, o Polo Industrial de Software (Piso), além do Supera Centro de Negócios.

Ao todo, são 71 empresas instaladas no parque, sendo 52 delas na Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica; 15 empreendimentos no Centro de Negócios e quatro na aceleradora Sevna Startups.

Da Assessoria de Imprensa do Supera Parque

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn536Print this pageEmail

Textos relacionados