Ensino remoto não vai resolver problemas de formação educacional

Acesso à internet não acarreta melhora nas atividades cognitivas, no letramento, na capacidade de diferenciar um fato de uma opinião, mostra pesquisa da OCDE

 10/05/2021 - Publicado há 9 meses
Por

Os efeitos da pandemia sobre o sistema educacional, o impacto na desigualdade de acesso ao conhecimento e a educação são temas que preocupam especialistas, formuladores de políticas públicas, as escolas e as famílias. Pesquisa publicada pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) destrói mitos relacionados à importância do digital. A avaliação feita a partir do uso crescente do ensino remoto apresenta um resultado relativo a dez anos de estudo e mostra que somente 47% dos jovens de 15 anos conseguem distinguir um fato das opiniões nos textos.                          

“O digital não vai resolver nossos problemas de formação. Vai bem no digital quem sabe ler. Vai bem no acesso à informação digital quem já tem acesso à informação por outros meios que não o digital. Então cuidado, não basta estar conectado, é preciso estar habilitado para ler e pensar”,  diz o professor Gilson Schwartz. 


Iconomia 
A coluna Iconomia, com o professor Gilson Schwartz, vai ao ar toda segunda-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.