Coronavírus pode afetar campanha de reeleição de Donald Trump

Para Rubens Barbosa, campanha de Trump deve ficar atenta para a epidemia da covid-19 e ascensão de candidatos democratas

As últimas prévias das últimas duas semanas no Partido Democrata americano mostraram umas das reviravoltas mais importantes da história das prévias eleitorais nos EUA. É sobre isso que o colunista Rubens Barbosa comenta no Diplomacia e Interesse Nacional. “O ressurgimento de Joe Biden, ex-vice-presidente, e a queda de Bernie Sanders, o senador mais liberal e mais à esquerda, representam uma mudança no quadro político americano”, comenta Barbosa. 

Já foram realizadas prévias em dezesseis estados. A ampla margem a favor de Joe Biden começa a atrair o apoio de outros candidatos que se apresentaram na corrida eleitoral do Partido Democrata, os quais formam o centro no espectro político americano. “Hoje, mais quatro prévias, no Arizona, na Flórida e Illinois e Ohio são muito importantes, pois mostrarão como jovens e negros vão se comportar nessas primárias”, aponta o embaixador. 

Ao lado das prévias, a evolução da epidemia de coronavírus nos EUA e o fato de o presidente Donald Trump ter minimizado o risco da epidemia para a sociedade americana são questões que podem influenciar o resultado das eleições de novembro. “Pela primeira vez, existe a possibilidade concreta de Trump ter dificuldades para se reeleger”, comenta Barbosa. “Em resumo, com a ascensão de Biden como provável candidato democrático, junto à epidemia do coronavírus, a campanha da Trump liga o sinal de alerta”, completa.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Diplomacia e Interesse Nacional.


Diplomacia e Interesse Nacional
A coluna Diplomacia e Interesse Nacional, com o professor Rubens Barbosa, vai ao ar toda terça-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.