Momento Cidade #22: Como São Paulo pode garantir a segurança das suas águas?

Para Fabiano Alves, pesquisador da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, é preciso prestar atenção continuamente nas empresas que fazem a distribuição da água em São Paulo

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=324985

Momento Cidade #22: Como São Paulo pode garantir a segurança das suas águas?
Momento Cidade - USP

 
 
00:00 / 9:57
 
1X
 

A água é um recurso essencial que percorre todos os lados do nosso cotidiano. No entanto, sete anos atrás, a região metropolitana de São Paulo sofreu com a falta dela durante uma das piores crises hídricas do Estado. A recuperação foi possível, mas será que aprendemos com ela a fim de evitarmos futuros problemas?

Durante o período de isolamento, o Momento Cidade fará uma série de episódios diferentes. Nas próximas edições, conversaremos com pesquisadores que estudaram temas específicos sobre São Paulo e, de vez em quando, vamos além da capital paulista para entender em detalhes o passado, os problemas e os avanços dessa região.

Nesta semana, entrevistamos o pesquisador Fabiano Alves, autor da dissertação Escassez, segurança hídrica e os negócios com a água na região metropolitana de São Paulo, defendida na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Alves estudou o fenômeno da estiagem de dois verões que acarretou a crise hídrica de São Paulo entre 2013 e 2015.

O estudo analisou elementos históricos no serviço de saneamento da cidade que podem ter interferido no abastecimento de água da região. Além disso, mostrou como a crise impactou nas estratégias dos agentes responsáveis pela regulação e distribuição da água na região, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e o próprio governo estadual.

Para Alves, o trabalho nos ajuda a pensar melhor em métodos de prevenção para que a falta de água não volte a assombrar São Paulo. De acordo com o pesquisador, “é importante que a sociedade civil esteja muito atenta aos passos que serão dados pelas empresas de saneamento que fazem a distribuição desse precioso recurso que é a água”.

A dissertação completa pode ser acessada neste link.

Ouça o podcast na íntegra no player acima. Siga no Spotify, no Apple Podcasts ou seu aplicativo de podcast favorito.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.