Ministra da Agricultura se encontra com formandos da Esalq

Tereza Cristina foi escolhida para ser a paraninfa dos formandos da turma de 2019

Editorias: Institucional - URL Curta: jornal.usp.br/?p=296451
O encontro foi realizado na manhã de hoje, dia 14 de janeiro, na Sala da Congregação da Esalq – Foto: Gerhard Walle/Divisão de Comunicação da Esalq

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, visitou a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) na manhã de hoje, dia 14 de janeiro, para se encontrar com os alunos da turma de 2019.

Tereza Cristina foi escolhida para ser a paraninfa dos formandos, que colarão grau na próxima quinta-feira, dia 16. Por causa de compromissos oficiais do governo – a ministra representará o Brasil na abertura da Semana Verde Internacional de Berlim, na Alemanha –, Tereza Cristina não poderá comparecer na cerimônia de colação, mas fez questão de prestigiar a turma com uma visita.

“Foi uma honra muito grande ser a escolhida para paraninfa dessa turma. Temos aqui na Esalq uma variedade de profissionais que têm a importante missão de alimentar o mundo. O Brasil é uma potência agroambiental e as commodities que exportamos incorporam muita tecnologia, muito conhecimento produzido aqui. Vocês são os profissionais que defenderão o nosso país, que trabalharão para corrigir nossos problemas, que farão a melhor e mais sustentável agricultura do mundo”, afirmou Tereza Cristina.

A ministra também pontuou que o Ministério pretende reforçar os laços com a Esalq e outras instituições de ensino e pesquisa. “Precisamos trabalhar em conjunto, estar conectados em uma rede que reúna universidades, centros de inovação e empresas de pesquisa aplicada para que a agricultura brasileira continue a se desenvolver e a produzir mais, em áreas cada vez menores, de maneira sustentável”, afirmou.

(A partir da esquerda) Roberto Rodrigues, Barjas Negri, Durval Dourado Neto, Tereza Cristina, Vahan Agopyan, João Roberto Spotti Lopes e Luiz Gustavo Nussio – Foto: Gerhard Walle/Divisão de Comunicação da Esalq

Para o reitor Vahan Agopyan, “as universidades são o motor do desenvolvimento de qualquer país. No Brasil, a agricultura é um dos poucos setores que entenderam que, para ser competitivo internacionalmente, é necessário investir em conhecimento. Hoje, somos uma grande potência na área agrícola, não por causa do nosso solo ou do clima, mas por causa da tecnologia desenvolvida por instituições brasileiras e adaptada para a nossa realidade”.

“A USP está cada vez mais empenhada em interagir com órgãos governamentais e com os setores produtivos, para que o conhecimento gerado aqui se torne fonte de inovação e que essa inovação ajude a desenvolver o nosso país”, explicou o reitor.

Durante a cerimônia, uma representante dos alunos leu um manifesto a favor da agroecologia, destacando as pesquisas desenvolvidas pela Esalq nessa área.

Também participaram da reunião o diretor da Esalq, Durval Dourado Neto; o vice-diretor, João Roberto Spotti Lopes; a pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária, Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado; o coordenador de Administração Geral, Luiz Gustavo Nussio; o prefeito de Piracicaba, Barjas Negri; e o ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.