Biblioteca Mário de Andrade faz eventos on-line para a quarentena

Literatura, teatro e história são temas de debates promovidos pela biblioteca na internet nesta semana 

Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=323350
A Biblioteca Mário de Andrade, localizada no centro de São Paulo – Foto: Divulgação

Fechada desde março, respeitando as medidas de isolamento social para evitar o contágio da covid-19, a Biblioteca Mário de Andrade (BMA) – ligada à Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo – organizou uma programação on-line para continuar promovendo discussões importantes, ainda que a distância. Nesta segunda-feira, dia 18, e nos dias 20 e 22 de maio, a biblioteca vai apresentar, nas suas páginas no Facebook e no Youtube, eventos sobre literatura, teatro e história, dialogando com o cenário atual. O horário de exibição das atrações será às 19 horas, mas elas também ficarão disponíveis no canal da biblioteca no Youtube depois disso. 

Teatro na Mário: Zé Celso e Pandemia abre a agenda nesta segunda-feira, trazendo José Celso Martinez Corrêa, conhecido como “xamã do teatro brasileiro”. Aos 83 anos, o artista apresentará clássicos da MPB, que vão desde Noel Rosa a Lupicínio Rodrigues, além de algumas músicas do repertório teatral do Teatro Oficina, como as letras de Brecht que incluem sua versão de As Bacantes. Em isolamento, José Celso também irá refletir sobre a pandemia de 2020 e homenagear a memória de Mário de Andrade.

No dia 20, em Literatura na Mário: Pensar Nagô, Muniz Sodré, a escritora Ana Maria Gonçalves e a jornalista e livreira Nanni Rios conversam sobre o livro do sociólogo Muniz Sodré, Pensar Nagô. A live será compartilhada tanto no Youtube quanto no Facebook da biblioteca e debaterá essa obra que convida os leitores a um encontro transcultural entre as diferentes formas de crer, existir e pensar, propondo a ideia de um pensamento descolonizado sobre as várias línguas e culturas africanas.

Fechando a semana, no dia 22, o Debate na Mário: A Vida É um Sonho apresentará o neurocientista Sidarta Ribeiro, especializado em sono, sonho e memória, junto com Kaká Werá, escritor e psicoterapeuta tapuia. Na conversa os dois discutirão como o sono pode ser afetado em períodos de confinamento e luto coletivo, considerando tanto o ponto de vista da ciência de laboratório quanto os saberes ancestrais.

Os eventos Teatro na Mário: Zé Celso e Pandemia, Literatura na Mário: Pensar Nagô, Muniz Sodré e Debate na Mário: A Vida É um Sonho, da Biblioteca Mário de Andrade (BMA), serão realizados, respectivamente, nos dias 18, 20 e 22 de maio, sempre às 19 horas, nas páginas da BMA no Facebook e no Youtube. Depois da apresentação, os vídeos ficarão disponíveis no canal da biblioteca no Youtube.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.