Rádio USP destaca a obra de Cartola como intérprete

Programa “Olhar Brasileiro” apresenta segundo episódio sobre o compositor carioca

Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=323472
O cantor e compositor carioca Angenor de Oliveira, o Cartola (1908-1980) – Imagem: Reprodução

Ouça nos links abaixo o programa Olhar Brasileiro, da Rádio USP (93,7 MHz), o segundo de dois episódios sobre o compositor Cartola. O programa é produzido e apresentado pelo pesquisador Omar Jubran.

Embora tenha começado a compor muito cedo, Angenor de Oliveira, o Cartola, só foi gravar um disco como intérprete – um LP com 12 faixas de sua autoria e de outros compositores – em 1974, aos 65 anos de idade. “Isso nos privou por um bom tempo de um singular intérprete, pois Cartola sabia nos dizer em cada sílaba a beleza de sua inspiração”, como disse o pesquisador Omar Jubran no programa Olhar Brasileiro, da Rádio USP (93,7 MHz), transmitido no dia 17 passado, o segundo de dois episódios que abordaram a vida e a obra do compositor carioca.

No programa, foram ouvidas, na voz de Cartola, músicas como Corra e Olhe o Céu (parceria dele com Dalmo Castelo), O Sol Nascerá (em parceria com Élton Medeiros), e Amor Proibido (de autoria própria), todas gravações do disco histórico de 1974.

O programa Olhar Brasileiro vai ao ar pela Rádio USP sempre aos domingos, às 10 horas, também pela internet, no endereço www.jornal.usp.br/radio.

Ouça no link abaixo o primeiro episódio sobre Cartola apresentado no programa Olhar Brasileiro, transmitido no dia 10 de maio de 2020.

Rádio USP conta a história dos sambas de Cartola

 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.