Pesquisa busca mulheres surdas e ouvintes para estudo sobre câncer de mama e colo de útero

Objetivo da pesquisa é entender quais são as barreiras auditivas que prejudicam a adesão aos exames de rastreio de câncer

 04/11/2021 - Publicado há 1 mês
Por
Estudo quer avaliar adesão aos exames de rastreio – Foto: 123RF

.
Pesquisadores do Programa de Educação Tutorial do curso de Medicina (PET-Medicina) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP buscam voluntárias surdas e ouvintes para estudo sobre câncer de mama e colo de útero. O objetivo é identificar quais são os impedimentos na comunicação que dificultam a adesão aos exames de rastreio, além do grau e qualidade da informação sobre a doença, fatores de risco e dos exames preventivos para detecção precoce.

Para participar, a interessadas devem preencher o formulário neste link até 31 de dezembro. Para garantir o acesso e atendimento das participantes, o questionário está disponível em português e traduzido em libras. Além disso, os pesquisadores buscam apoio de associações de surdos ou lideranças da área para ampliar o número de voluntárias. Os interessados podem entrar em contato por e-mail.

O estudo Avaliação do rastreio de câncer ginecológico em mulheres surdas é realizado pelo PET-Medicina em parceria com pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Mais informações: Instagram PET-Medicina ou no e-mail petfmrpusp@gmail.com.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.