São Paulo e Ribeirão Preto contra o câncer de pele

A chegada do calor traz de volta a preocupação com o câncer de pele, cuja incidência vem aumentando no Brasil e no mundo

 25/11/2016 - Publicado há 5 anos

 

Neste sábado (26), os dermatologistas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP irão atender a população para o diagnóstico do câncer de pele, que acomete milhares de pessoas todos os anos. A doença, quando diagnosticada precocemente, tem 90% de chances de cura. Quem fala sobre o assunto à Rádio USP é a professora Luísa Juliatto Molina Tinoco, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

A iniciativa integra campanha de conscientização e combate à doença, desenvolvida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, e também vai acontecer no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, em sua 23ª edição. O assunto chama a atenção porque aumentam os casos da doença no Brasil e em vários países do mundo.

A professora Cacilda da Silva Souza, da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto, explicou porque aumentam os casos de câncer de pele e falou da importância da prevenção. A população pode comparecer ao ambulatório do HC, no campus da USP em Ribeirão Preto, para receber orientação, atendimento e tratamento em casos que sejam diagnosticados da doença. Tudo de graça.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.