Relação com imprensa deve piorar no novo governo

Professor Carlos Eduardo Lins da Silva acredita que Jair Bolsonaro segue passos do presidente americano Donald Trump

A expectativa da relação do presidente eleito com a imprensa é muito negativa. A opinião é do professor Carlos Eduardo Lins da Silva, que vê Jair Bolsonaro seguir caminho muito semelhante ao do presidente norte-americano Donald Trump, acusando a imprensa independente de divulgar fake news.

Mesmo sem ter assumido o cargo, Bolsonaro já deu indícios de uma postura intolerante, quando ameaçou a Folha de S.Paulo de retirar toda sua publicidade governamental. O futuro ministro Paulo Guedes também teve comportamento semelhante ao destratar e se recusar a responder as perguntas de uma correspondente do jornal Clarin, da Argentina.

O Poder Judiciário, que poderia ser um aliado na luta pela liberdade de imprensa no País, não tem atuado desta forma, principalmente porque tem sido o responsável por toda a censura ocorrida desde o fim da ditadura militar, especialmente nas suas instâncias inferiores.

No link acima acompanhe a íntegra da coluna Horizontes do Jornalismo.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 9
  •  
  •  
  •  
  •