Reforma tributária deve ser coordenada através de questões amplas

Discussão razoável do tema apenas poderá ser feita a partir das eleições com reestruturação política do País

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Segundo o professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (Fearp-USP), Amaury Patrick Gremaud, os principais desafios do Brasil para reformar a tributação são a eficiência da redistribuição e a dificuldade política do assunto.

As diversas alterações nos impostos criaram uma confusão tributária – Foto: Fernanda Carvalho via Fotos Públicas

Ele explica que os impostos são regressivos, mais onerosos aos mais pobres. Além disso, o professor considera que as diversas alterações nos impostos criaram uma confusão tributária. Para ele, a solução para uma reforma é não apenas discutir tarifas em si, mas analisá-las de forma mais ampla, sob a perspectiva de cada setor tributário.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados