Praticar esportes no inverno requer cuidados especiais

As temperaturas frias podem causar hipotermia e até mesmo desidratação

Na coluna Ciência e Esporte desta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre os distúrbios causados pelo frio durante a prática de esportes, principalmente as corridas de longa distância.

A prática de esportes, como corridas de grande duração, quando realizada em temperaturas baixas pode causar uma série de problemas, como a hipotermia, exaustão e desidratação. 

As consequências mais sentidas pelos atletas são astenia, calafrios, letargia, fala arrastada, tontura, diarreia e sede. Apesar do clima frio, a desidratação é muito comum nessas situações e, portanto, os corredores devem tentar repor líquidos em uma taxa semelhante às das perdas pela urina e suor. 

O professor diz que os atletas devem estar agasalhados corretamente e sempre estarem atentos ao volume de suor na roupa, que facilita a perda de calor do corredor. Também é importante estar alerta à velocidade do vento, pois quanto maior sua velocidade maior será a diminuição de temperatura do atleta. 

Ouça no link acima a íntegra da coluna Ciência e Esporte.


Ciência e Esporte
A coluna Ciência e Esporte, com o professor Paulo Santiago, vai ao ar toda sexta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •