Planejamento promove desenvolvimento sustentável

Bióloga Priscila de Almeida Oppermann diz que a avaliação ambiental estratégica pode evitar futuros problemas ambientais

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  

No programa Ambiente É o Meio desta semana, a bióloga Priscila de Almeida Oppermann fala sobre a Avaliação Ambiental Estratégica (AAE). Priscila é graduada pela Universidade Federal da Bahia, com mestrado e doutorado pela Escola de Engenharia da USP em São Paulo, atua no planejamento e políticas ambientais com ênfase em avaliação ambiental estratégica e mudanças climáticas.

Segundo a Coordenadoria de Planejamento Ambiental do Governo do Estado de São Paulo, a AAE estuda os impactos ambientais com visão estratégica para subsidiar o processo de tomada de decisão, auxiliando a integração ambiental e a avaliação de riscos e oportunidades de estratégias de ação associadas ao desenvolvimento sustentável.

Para Priscila, o planejamento estratégico facilita os estudos de impacto ambiental, e lembra que a AAE envolve não só meio ambiente, mas também planos políticos, econômicos e sociais, para que o desenvolvimento seja sustentável.

“No Brasil, a Avaliação Ambiental Estratégica não é formalizada, porém isso não significa que nunca se fez uma AAE, já foram feitas 70. Países como Alemanha, Inglaterra, Suécia possuem um bom planejamento, aplicam muito bem a avaliação ambiental estratégica”.

Ambiente É o Meio é uma produção da Rádio USP Ribeirão Preto em parceria com professores da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP e Programa USP Recicla da Superintendência de Gestão Ambiental da USP.

Foto do Governo do Estado do Rio Grande do Sul / Flickr CC
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados