Pesquisa mostra planeta de fora do sistema solar com muita água

Especialista explica como a descoberta ocorreu e seus impactos para a astronomia

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Exoplaneta é um planeta residindo fora do sistema solar, e os estudos sobre esses corpos celestes estão cada vez mais avançados. Recentemente, foi feito o maior mapeamento atmosférico de um desses astros, conhecido como WASP-39b. Jorge Luis Melendez Moreno, professor do Departamento de Astronomia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da Universidade de São Paulo, explica que a descoberta foi feita através da análise da luz das estrelas. De acordo com ele, ocorre a observação de linhas de absorção de diferentes elementos químicos ou moléculas.

A pesquisa ajuda na comprovação de outra teoria: a de migração planetária. O WASP-39b tem muita água em estado gasoso (três vezes mais que Saturno), considerado, assim, um exoplaneta frio. Porém, ao contrário do esperado, ele está muito próximo de sua estrela, o que abre espaço para a teoria de que tenha se aproximado ao longo do tempo. Confira a matéria completa no player acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados