Modificações nas regras do futebol podem impactar a ciência do esporte

Entre as mudanças, estão o posicionamento do goleiro, as aplicações de faltas e as substituições de jogadores

Na coluna Ciência e Esporte desta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre as modificações feitas nas regras do futebol, as quais foram divulgadas pela International Football Association Board (Ifab). O professor conta que essas alterações podem impactar diretamente a ciência do esporte, principalmente as pesquisas aplicadas ao futebol.

Como exemplo, Santiago fala sobre as mudanças relacionadas ao posicionamento do goleiro na hora do pênalti: “Até então era obrigatório que o jogador ficasse com os dois pés sobre a linha do gol; agora, na hora da defesa, apenas um dos pés deve estar em contato com a linha”. Em sua opinião, isso pode aumentar, e muito, as chances de defesa.  

O professor lembra que lances de bola na mão, que antes tinham que passar pela interpretação do árbitro para definir se seria falta ou não, “agora tornam-se obrigatoriamente falta, propiciando um aumento no número de pênaltis. E, com isso, os jogos podem ficar menos dinâmicos, pois afinal haverá um aumento nas chances de finalizações de chutes a gol”.

Outra modificação realizada pela Ifab está relacionada às substituições de jogadores, que agora devem sair na linha mais próxima a que se encontram. O professor acredita que essa modificação deve deixar a partida mais dinâmica, gerando assim um maior tempo de bola em jogo; entretanto, existem diversos trabalhos que verificam a velocidade média do time e com certeza isso deve mudar.

Ouça acima na íntegra a coluna Ciência e Esporte.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.