Interface tátil tende a crescer em importância

“As interfaces táteis podem nos levar a uma expansão da compreensão muito grande”, observa Luli Radfahrer

Na edição de hoje (28), o colunista fala sobre a interface tátil, ou seja, o toque que pode ser feito através da tecnologia. “Cada vez mais usaremos interfaces de tato para poder comunicar coisas que visualmente não prestamos atenção”, ressalta Luli Radfahrer.

O tato é um dos sentidos mais complexos do ser humano. É composto de dor, textura, temperatura e pressão. É o único sentido de mão dupla. O carro é um exemplo cheio de interfaces táteis. “Essas interfaces táteis podem nos levar a uma expansão da compreensão muito grande. Poucas pessoas têm o tato educado. A maioria não sabe muito identificar pequenas diferenças de temperatura, de textura, etc.”, explica o colunista.


Datacracia
A coluna Datacracia, com o professor Luli Radfahrer, vai ao ar toda sexta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •