Ceasas precisam de modernização

Os problemas, das Centrais de Abastecimento (Ceasa), esbarram na falta de autonomia de gestão e infraestrutura ultrapassada

Uma pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da USP de Piracicaba, elencou os principais problemas das Centrais de Distribuição de frutas e hortaliças no Brasil, os Ceasas. O resultado são o alto custo e a baixa qualidade do serviço das centrais.

Para chegar ao resultado, o grupo analisou o funcionamento de dois Ceasas de diferentes portes: o de São Paulo e o de Piracicaba. Os problemas esbarram na pouca autonomia e no baixo interesse governamental. Para Marina Marangon, pesquisadora na área de mercado de hortaliças do Cepea que participou do estudo, cada unidade precisa ter uma maior independência para adaptar sua administração, de acordo com as suas necessidades. “Acaba sendo ruim essa falta de autonomia, porque elas não conseguem direcionar a sua gestão de acordo com o que precisam”, afirma.

Como solução, é indicada a possibilidade de uma parceria público-privada. “Da forma que a gestão é feita atualmente, não está sendo suficiente para conseguir modernizar as centrais”, explica Marina.

Ouça no link acima a íntegra da entrevista.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •