Dieta é associada à redução de sintomas de intestino irritável

Mudança alimentar reduz quantidade de carboidratos que causam dor abdominal, diarreia, constipação e inchaço

  • 794
  •  
  •  
  •  
  •  
Carboidratos que são mal absorvidos pelos seres humanos devido ao tamanho e velocidade de fermentação, conhecidos como FODMAP, provocam dor abdominal, diarreia, constipação e inchaço, sintomas da síndrome do intestino irritável – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

.
Alimentos como leite e derivados, frutas, feijões, mel, dentre outros, possuem alguns tipos de carboidratos que são mal absorvidos pelos seres humanos devido ao seu pequeno tamanho, alta absorção de água (atividade osmótica) e a velocidade com que eles são fermentados pela microbiota intestinal. Estes carboidratos, conhecidos como FODMAP (oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e poliois fermentáveis), causam dor abdominal, diarreia, constipação e inchaço, sintomas da síndrome do intestino irritável (SII). Na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, pesquisa aponta que uma dieta com baixo teor de FODMAP leva a uma melhoria significativa nos sintomas dos pacientes com SII.

+ Mais

Exercício físico mantém benefício da cirurgia bariátrica para a saúde

Jejum intermitente “24 por 24” horas aumenta risco de diabete em ratos

Identificar as características e os riscos da dieta com baixo teor de FODMAP para pacientes com síndrome do intestino irritável foi o objetivo do estudo Low-FODMAP diet in the management of irritable bowel syndrome. O trabalho, de autoria dos nutricionistas Ana Julia Abrahão Zanetti e Marcelo Macedo Rogero e da professora Maria Carolina Batista Campos von Atzingen, da FSP, foi publicado na revista científica Nutrire.

Estudos sobre a dieta com baixo teor de FODMAP para reduzir os sintomas apresentados por pacientes que têm sintomas da síndrome do intestino irritável (SII) têm crescido, o que motivou os pesquisadores a desenvolverem este trabalho. A pesquisa foi realizada entre fevereiro e setembro de 2017, a partir da análise de bancos de dados eletrônicos que foram utilizados para buscar as seguintes palavras ou expressões: “FODMAP Diet”, “baixa dieta FODMAP”, “síndrome do intestino irritável” e “dieta na SII”.

Dieta

Durante a pesquisa, foi identificado que a dieta pobre em FODMAP consiste em duas fases. Na primeira fase, os carboidratos associados aos sintomas são reduzidos ou eliminados em pacientes com SII. Na segunda fase, os grupos eliminados são gradualmente reintroduzidos de acordo com a sintomatologia apresentada.

+ Mais

Marcador no sangue indica risco de doenças cardiovasculares

Corante da pele do amendoim é alternativa natural para alimentos

Ao final, os pesquisadores identificaram que a dieta com baixo teor de FODMAP restringe a ingestão de certos alimentos e isso leva a uma melhoria significativa nos sintomas dos pacientes com síndrome do intestino irritável. No entanto, algumas deficiências nutricionais podem ocorrer, se houver orientação nutricional inadequada, destacando a necessidade de manejo dietético adequado.

Esta publicação é fruto de recentes Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) implantados no curso de graduação em Nutrição da FSP. Esta nova dinâmica pedagógica já gerou duas publicações em periódicos científicos internacionais e tem potencial para gerar futuros artigos.

Com informações da Assessoria de Comunicação da FSP

Mais informações: (11) 3061-7882; e-mail imprensafsp@fsp.usp.br

  • 794
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados