Audiência de custódia, uma grande conquista da população

A professora Eunice Prudente explica em sua coluna como funciona o procedimento

A audiência de custódia começou no Pacto Internacional de Direito Civis e Políticos em 1966. Depois, na Convenção Interamericana de Direitos Humanos, o Brasil, que era signatário, ratificou-a, tornando-a um direito brasileiro. Isto permite que, hoje em dia, em um prazo de 24 horas, uma pessoa detida por estar perto de um crime, envolvida nele ou ter sido flagrada realizando-o, seja apresentada a um juiz, que irá decidir seu destino.

Acompanhe pelo link acima a íntegra do comentário.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •