“No Brasil, está se implantando, pouco a pouco, um Estado policial”

André Singer diz que esse Estado vai se implantando a despeito de não haver uma regulamentação jurídica que o ampare

O professor André Singer comenta, na edição de hoje, sobre a ocorrência policial que envolveu a vereadora Juliana Cardoso e os familiares de militantes de movimentos de moradia. Os militantes do movimento de moradia do centro de São Paulo, ao serem soltos por meio de habeas corpus, estavam no carro junto com a vereadora e acabaram sendo abordados de forma truculenta pela polícia, resultando numa nota de protestos de diversas entidades e partidos. “A polícia, ao ser questionada pela imprensa, afirmou que se tratava de uma operação padrão”, observa o professor.

Esses episódios vêm se repetindo e se multiplicando por todo o Brasil, segundo Singer, há cerca de dois anos. “Isso cria uma situação de um Estado policial que se implanta de cima para baixo, pouco a pouco, até a naturalização desse tipo de episódio, que acontece com tanta frequência que passa a fazer parte da normalidade. Esse Estado vai se implantando a despeito de não haver uma regulamentação jurídica que o ampare.”

Ouça no link acima a íntegra da coluna Poder e Contrapoder.


Poder e Contrapoder
AA coluna Poder e Contrapoder, com o professor André Singer, vai ao ar toda quinta-feira às 9h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.