A saúde da mulher doadora de leite é tema do “Pílula Farmacêutica”

Todas as mulheres que estejam amamentando e que produzam leite em excesso podem fazer a doação

O leite sempre deve ser doado em banco de leite humano, que é um centro especializado ligado obrigatoriamente a um hospital materno e tem como objetivo a promoção, proteção e incentivo ao aleitamento.

Todas as mulheres que estejam amamentando e que produzam leite em excesso podem fazer a doação. A doadora também deve estar saudável e não estar usando medicamentos que impeçam a doação.

O leite doado passa pelos processos de seleção, classificação e pasteurização que vão garantir sua qualidade. Depois o leite é distribuído aos bebês que estão internados em unidades para recém-nascidos.

O boletim Pílula Farmacêutica é apresentado pelos alunos de graduação da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP com supervisão da professora Regina Célia Garcia de Andrade. Trabalhos técnicos de Luiz Antonio Fontana. Ouça, no link acima, a íntegra do boletim.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1
  •  
  •  
  •  
  •