“Pílula Farmacêutica” traz o passo a passo da retirada de leite materno para doação

Mulheres que amamentam e produzem excesso de leite podem doar

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O segundo boletim Pílula Farmacêutica desta semana traz o passo a passo da retirada de leite materno para doação, desde a escolha do frasco onde será depositado, passando pela retirada, até o armazenamento. O frasco deve ser de vidro e a tampa de plástico, como um frasco de maionese, por exemplo. Após a escolha, deve-se retirar todo o tipo de rótulo, lavar com água e sabão e deixar para ferver em água por, pelo menos, 15 minutos e não enxugar o frasco.

Para a retirada, a mamãe deve escolher um local limpo e tranquilo. Além disso, deve seguir recomendações como: prender e cobrir os cabelos com uma touca ou lenço; lavar as mãos e o antebraço com água e sabão e secar com toalha limpa e, ainda, evitar conversar durante a retirada do leite. É importante descartar os primeiros jatos ou gotas de leite e, após isso, coletar no frasco.

Na retirada do leite deve-se posicionar os dedos polegar e indicador na região da aréola do seio; firmar os dedos; empurrar na direção do corpo e então comprimir suavemente um dedo contra o outro, repetindo esta compressão várias vezes até que saia o leite. Ao terminar a retirada, este deve ser guardado no congelador ou no freezer para ser congelado, podendo ficar armazenado por até 15 dias.

O boletim Pílula Farmacêutica é apresentado pelos alunos de graduação da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP com supervisão da professora Regina Célia Garcia de Andrade. Trabalhos técnicos de Luiz Antonio Fontana. Ouça, no link acima, a íntegra do boletim.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados