Estudos de educação física beneficiam quem participa como voluntário

A atividade é voluntária, mas oferece, em contrapartida, treinamentos e avaliações gratuitos

Por - Editorias: Universidade
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Voluntários de pesquisas têm acesso a treinamentos e exames  – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

.
Pessoas com Parkinson, idosos, veganos, gestantes e hipertensos são algumas das pessoas que a Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP procura para participar de seus estudos.

A atividade é voluntária, mas oferece, em contrapartida, treinamentos e avaliações gratuitas. A lista completa de pesquisas que precisam de voluntários pode ser acessada neste cartaz, onde os interessados podem consultar também os telefones e e-mails para contato.

Um desses estudos, por exemplo, procura homens entre 18 e 35 anos que estejam sedentários há pelo menos seis meses, sem doenças e que não tenham utilizado antibiótico nos últimos seis meses. A proposta é verificar a relação entre treinamento físico e a microbiota intestinal. Para isso, os participantes devem treinar três vezes por semana durante 12 semanas e terão como benefício a avaliação da composição corporal e do condicionamento físico, além de ter acesso a exames laboratoriais e orientação nutricional.

Mais informações: site http://www.eefe.usp.br/voluntarios

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados