Professor discute relação da depressão e ansiedade com a doença de Parkinson

O programa recebe o professor Vitor Tumas, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

idosos2Dados da Organização Mundial da Saúde mostram que aproximadamente 1% da população com idade superior a 65 anos tem a doença de Parkinson.

O professor de Neurologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, Vitor Tumas, explica que a depressão e a ansiedade estão associadas à doença de Parkinson. Ela é percebida através do corpo, e se caracteriza, por tremores nas extremidades, instabilidade postural, rigidez de articulações e lentidão nos movimentos.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados