Energia eólica em alto-mar é desnecessária no Brasil

José Goldemberg explica que, apesar das vantagens, o custo e o espaço tornam o projeto ineficiente no País

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A energia eólica é uma das fontes de energia com mais potencial no mundo. Muitos países, principalmente europeus, optaram por construir esses parques industriais em alto-mar, ou off-shore. José Goldemberg afirma que, para o Brasil, essa alternativa é desnecessária, porque, apesar de ser mais sustentável, é também mais cara. Diferentemente das nações europeias, o País possui muito espaço para realizar tais construções em terra. Confira a coluna completa no player acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados