Novo serviço de urologia no HC de Bauru vai formar médicos em saúde do homem

Instalado no sétimo andar do futuro Hospital das Clínicas, o Ambulatório de Educação em Saúde do Homem servirá de campo para formação, pesquisa e extensão dos estudantes de Medicina da USP em Bauru

 21/09/2021 - Publicado há 1 mês
Serviço de urologia vai atender atividades de ensino, pesquisa e extensão universitária – Foto: Freepik

.
Um ambulatório dedicado à saúde do homem, que também servirá de campo para formação, pesquisa e extensão dos estudantes de Medicina da Faculdade de Odontologia (FOB) da USP em Bauru, foi instalado no sétimo andar do futuro Hospital das Clínicas da cidade no último dia 16 de setembro. Composto, a princípio, de dois consultórios e sala de reuniões e estudos, as atividades no Serviço de Urologia iniciam com atendimentos ambulatoriais de pacientes do Hospital de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) às quartas e quintas-feiras.

Fachada do Hospital das Clínicas de Bauru – Foto: Marcos Santos/ USP Imagens

O projeto do Ambulatório de Educação em Saúde do Homem contou com o auxílio do professor Aguinaldo Nardi, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Urologia, que vai coordenar as atividades. “A ideia do professor Nardi considerou, em primeiro lugar, o aprendizado dos estudantes, e, obviamente, os pacientes que também serão beneficiados. E o Serviço de Urologia vai além desse espaço do Ambulatório, é um projeto maior, que envolverá também cirurgias e o acompanhamento dos alunos dentro do centro cirúrgico”, destacou o professor Carlos Ferreira dos Santos, diretor da FOB e superintendente do HRAC.

Nardi explicou que o serviço vai atender inicialmente os pacientes do HRAC, com dois dias de ambulatório, sendo um dia para educação e prevenção aos agravos da saúde do homem, e o outro dia para atender crianças com doenças congênitas que tenham envolvimento do trato geniturinário. “Para os alunos, será uma experiência muito importante, porque vamos poder discutir com eles a anamnese, exame físico, as doenças urológicas, os aspectos etiológicos e fisiopatológicos, e com certeza será uma área de grande aprendizado para eles. Além disso, a Urologia tem muitas interfaces, com várias outras especialidades, entre elas a Cardiologia, a Endocrinologia e a Pneumologia, em que também serão realizados protocolos em conjunto”, disse ele.
.

Professores Luiz F. Ferraz, Rodrigo Oliveira, Aguinaldo Nardi e Carlos Santos – Foto: Camila Medina, FOB-USP

.

O coordenador do curso de Medicina da FOB, professor Luiz Fernando Ferraz da Silva, comemorou o novo espaço que vai estar na grade dos estudantes de graduação do quarto ano, inicialmente, e depois do terceiro ano. “Estar neste novo espaço é emblemático não só pelas atividades de ensino que serão feitas aqui, mas pelo o que isso representa para o HRAC, para a Universidade de São Paulo, e, mais especificamente, para o nosso curso de Medicina da FOB”, destacou Ferraz.

.

Com informações de Tiago Rodella, Assessoria de Imprensa do HRAC

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.