Prêmio Novo Agro reconhece trabalho de produtores rurais empreendedores

Inscrições podem ser feiras até 30 de junho; premiação é organizada pela USP em Piracicaba em parceria com o Santander

Por - Editorias: Extensão - URL Curta: jornal.usp.br/?p=173897
  • 13
  •  
  • 1
  •  
  •  
Cultivo mecanizado de arroz na Região Sul do Brasil – Foto: Herr stahlhoefer / Domínio público via wikimedia Commons

Até 30 de junho, estão abertas as inscrições para o Prêmio Novo Agro, parceria entre o banco Santander e a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba.

A premiação pretende reconhecer pessoas (produtores rurais), atitudes e espíritos empreendedores em prol do desenvolvimento da agricultura e pecuária brasileira; conectar histórias dos ambientes rural e urbano; e valorizar práticas que disseminam conhecimentos. Podem participar desde os pequenos produtores até os de médio e de grande porte.

O Novo Agro oferecerá um total de oito prêmios no valor de R$ 500,00 cada. Cada categoria receberá dois prêmios – um para o pequeno produtor, e outro para o médio/grande produtor. As inscrições devem ser feitas neste site e a premiação será entregue no dia 9 de outubro, durante o evento EsalqShow.

A ação integra o convênio de cooperação entre a Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq), a USP, por intermédio da Esalq, e o Banco Santander para implementação do Programa da Cátedra Luiz de Queiroz.

Confira as categorias do Prêmio Novo Agro:

– Inovação: criação de algo novo. Qual produto ou processo foi criado? Serão avaliadas as mudanças em processos e produtos que geram novos valores;

– Sustentabilidade: iniciativa que cumpra a função social da terra conforme artigo 186 da Constituição Federal de 1988. Qual iniciativa (produto ou processo) promoveu melhora ambiental e/ou social e/ou econômica. Serão avaliados aspectos de produtividade e a harmonia entre fatores econômicos-sociais-ambientais;

– Empreendedorismo: transformação de uma ideia em novo negócio. Qual novo negócio foi empreendido? Qual ideia (de terceiros) norteou o desenvolvimento do novo negócio? Serão avaliados aspectos da gestão, viés social/bem-estar de todos/da sociedade, capacidade de enfrentar riscos calculados, investir em ideais por meio de esforços próprios e conhecimento;

– Mulher na Gestão: categoria direcionada a mulheres que são responsáveis pelo negócio agro e que tenha liderança destacada no setor, com base em critério ligados ao empreendedorismo.

Caio Albuquerque/Assessoria de Comunicação Esalq

  • 13
  •  
  • 1
  •  
  •  

Textos relacionados