Economistas do FMI discutem na USP perspectivas para o Brasil

Países devem mirar crescimento sustentável a longo prazo, conta Carlos Eduardo Gonçalves

jorusp

Quatro economistas do FMI discutem as perspectiva para o Brasil, na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP. O evento FMI na FEA: WHD Regional Economic Outlook acontece no dia 13, às 11h30. O Jornal da USP no Ar conversou com o economista do FMI, Carlos Eduardo Gonçalves, professor da FEA, sobre fluxos de capitais, política fiscal, reformas estruturais e mercado de trabalho.

Gonçalves esclarece que temáticas como crescimento econômico, a questão do risco e os impactos de ajustes fiscais serão discutidos no evento, com enfoque no Brasil e na região das Américas. O docente conta que, há 20 anos, o FMI se limitava a problemas de ordem monetária, hoje o fundo se preocupa com o crescimento sustentável, isso implica maior atenção para outras áreas, como educação.

Segundo o professor, a equipe FMI Brasil está otimista com a agenda de reformas. Porém, Gonçalves afirma que “2019 não foi um ano bom (para o Brasil)” e que “precisamos começar a pensar o crescimento do País a longo prazo, de maneira sustentável”. O economista explica que não há um receituário pronto para resolver esse problema, mas que esse objetivo precisa estar na agenda dos governantes.

“A incerteza, de maneira geral, sempre gera problemas de crescimento”, pondera o professor sobre a situação política na América Latina. Gonçalves conta que o investimento é muito sensível ao ambiente de incertezas. Com isso, a situação em grande parte dos países latino-americanos é delicada.

O evento acontece na Sala da Congregação da FEA, com a participação dos economistas Jorge Roldos, Carlos Eduardo Gonçalves, Antônio David e Guzman Gonzalez-Torres. O encontro será em inglês.

Ouça a entrevista, na íntegra, no player acima.


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP, Faculdade de Medicina e Instituto de Estudos Avançados. Busca aprofundar temas da atualidade de maior repercussão, além de apresentar pesquisas, grupos de estudos e especialistas da Universidade de São Paulo.
No ar de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.