Edital seleciona propostas de estudo no acervo da Brasiliana

Programa de residência em pesquisa da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da USP recebe inscrições até 30 de setembro

Por - Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=193072
  • 106
  •  
  •  
  •  
  •  
Acervo da biblioteca é constituído por livros, folhetos, periódicos, mapas, manuscritos, gravuras etc. Todos esses materiais abrangem uma grande variedade de temas relacionados ao Brasil – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

.
A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM), órgão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP, recebe até 30 de setembro inscrições para seu programa de residência.

O objetivo é que pesquisadores nacionais e estrangeiros desenvolvam projetos relacionados ao acervo da BBM, um dos maiores e mais ricos do Brasil. O público-alvo são doutorandos, pesquisadores seniores ou com disponibilidade parcial para pesquisa, além de professores licenciados e professores ou pesquisadores independentes.

Nesta quarta edição, o edital oferece três oportunidades para o projeto 3 vezes 22. Trata-se da antecipação das celebrações, em 2022, do bicentenário da Independência do Brasil e do centenário da Semana de Arte Moderna.

São previstas ainda mais três vagas para projetos relacionados ao acervo da BBM com outros recortes temáticos, além de um projeto sobre conservação e restauro e uma pesquisa dedicada ao material existente no arquivo da biblioteca.

As atividades dos projetos homologados devem começar em novembro de 2018. Os trabalhos terão duração de até seis meses, com possibilidade de prorrogação. A BBM oferece para o pesquisador-residente acesso à sua coleção, incluindo infraestrutura de trabalho e gabinete de estudo. Não há previsão de bolsas — os interessados devem contar com financiamento próprio.

Detalhes sobre prazos, processo de avaliação e cronograma estão disponíveis no site.

Inaugurada em 2013 na Cidade Universitária (Espaço Brasiliana, Rua da Biblioteca, 21), a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin abriga o acervo doado pelo casal à USP. Com seu expressivo conjunto de livros e manuscritos, a brasiliana reunida pelo bibliófilo e sua esposa é considerada a mais importante coleção do gênero formada por particulares. São 32 mil títulos que correspondem a 60 mil volumes.

Da Comunicação Institucional da PRCEU

  • 106
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados