Dor na lombar atinge cerca de 90% da população

Lombalgia é sintoma de inúmeras doenças que podem ou não estar localizadas na coluna vertebral

  • 77
  •  
  •  
  •  
  •  

O Saúde sem Complicações desta semana fala sobre as principais doenças da coluna, e o convidado é o professor Helton Luiz Aparecido Defino, especialista na área de Ortopedia e Traumatologia e professor do Departamento de Biomecânica, Medicina e Reabilitação da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

O professor conta que a lombalgia, ou a dor na lombar, diferente do que a população acredita, na verdade não é uma doença, mas sim “um sintoma, que representa a manifestação de inúmeras doenças que podem ou não estar localizadas na coluna vertebral.”

Helton Luiz Aparecido Defino – Foto: Arquivo pessoal

Defino acrescenta que “atualmente a dor na lombar atinge cerca de 90% das pessoas durante a vida. Em muitas situações, estas dores não conseguem ser explicadas, algumas vezes mais leves e em outras levando a grandes incapacidades.”  

Ao falar de possíveis tratamentos o professor lembra que há 20 anos o departamento realiza o Curso de Técnicas Modernas e Avançadas de Cirurgia de Coluna Vertebral, que este ano será nos dias 23 e 24 de novembro com especialistas da Alemanha, França, Espanha e Chile. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas aqui.

O Saúde Sem Complicações é produzido e apresentado pela locutora Mel Vieira, com trabalhos técnicos de Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana. Direção: Rosemeire Talamone.

Toda a população está convidada a participar do Saúde sem Complicações, tirando dúvidas sobre saúde ou encaminhando sugestões de assuntos para novas discussões pelo e-mail imprensa.rp@usp.br.

Ouça o programa na íntegra no link acima.

 

 

  • 77
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados