Cerca de 60% daqueles que sofrem AVC vão apresentar sequelas

O AVC ainda é uma das primeiras causas de incapacidade e deficiência na população, diz especialista da FMRP no Programa “Saúde com Ciência e Jazz”

 21/11/2019 - Publicado há 2 anos  Atualizado: 28/11/2019 as 13:52

O programa Saúde com Ciência e Jazz desta semana aborda a reabilitação, após um Acidente Vascular Cerebral (AVC), com Marcelo Riberto, professor e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde Aplicadas ao Aparelho Locomotor, ambos da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

De acordo com Riberto, o AVC certamente ainda é uma das primeiras causas de incapacidade e deficiência na população: “60% da população que sofre um AVC vai apresentar sequelas”. O professor afirma que há uma grande variedade e possibilidade de sequelas e cita algumas no programa como, por exemplo, problemas motores e de sensibilidade em um lado do corpo, ou questões que afetam o pensamento como problemas de atenção, perda de memória ou fala. 

O professor afirma que existem pacientes que se recuperam de forma espontânea e sem sequelas, mas aqueles que não apresentam essa recuperação espontânea terão as sequelas como um problema permanente, apenas trabalhando na reabilitação com a recuperação de parte da mobilidade. A reabilitação atua também com características que não foram prejudicadas pelo AVC para compensar as que foram e melhorar a funcionalidade, qualidade de vida e a recuperação do paciente. 

O programa Saúde com Ciência e Jazz é produzido por Maju Petroni, com apresentação e coordenação do professor Pérsio Roxo Júnior e trabalhos técnicos de Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana. Coordenação de Rosemeire Talamone. No ar todas às quartas, das 13h30 às 14 horas. Você pode sintonizar a Rádio USP em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br/home-ribeiraopreto ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS.

Ouça no link acima a íntegra do programa Saúde com Ciência e Jazz.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.