Neymar Dias interpreta de clássicos da música erudita e do rock na viola caipira

Junto a grupo Quarteto de Cordas, músico apresenta obras de John Lennon, Paul McCartney e Johann Sebastian Bach, além de composições da música popular brasileira

O programa Revoredo desta semana apresenta obras de Neymar Dias, apresentadas junto ao Quarteto de Cordas, formado por Sergei Carvalho no primeiro violino, Marcos Scheffel, no segundo, Daniel Pires na viola e Ivana Boque no violoncelo. O repertório traz de composições autorais a clássicos da viola caipira, como Teddy Vieira e Tião Carreiro, do rock, como John Lennon e Paul McCartney, da música erudita, como Johann Sebastian Bach, da música popular brasileira, como Tom Jobim e Vinicius de Moraes. 

Autodidata, Dias toca diversos instrumentos musicais, como viola caipira, violão, baixo, guitarra e bandolim. Formou-se em Composição e Regência pela Faculdade de Artes Alcântara Machado (FAAM) em São Paulo e integrou orquestras como a Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) e a Orquestra Experimental de Repertório.

No programa tem as músicas: La valse; Depois da Serra; Tristeza do Jeca; De papo pro  ar; Boiadeiro Errante; Chora viola; Depois da Serra; Partita e Concerto de Brandenburgo n°3, de Johann Sebastian Bach; In My Life; Dueto 3 Para viola brasileira e viola clássicaEstrada Branca; Em tempo de avanço e Blackbird


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.